Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

* Padrinhos de Portugal *

* Padrinhos de Portugal *

A Agência Lusa em Marracuene

A Agência Lusa esteve em Marracuene a fazer uma reportagem.
Aqui fica a descrição da Francisca Paulo.
 
"Catarina,
 
Juntamento com o Pedro e Fernando Peixeiro, da Agencia Lusa, chegámos ao centro e os meninos ainda tomavam o pequeno-almoço.
 
Enquanto Pedro fotografava a pequenada, Fernando conversou comigo e depois com Fortunato. Ambos, e em ocasiões diferentes, falámos do funcionamento do centro, como e quando começou relação com os padrinhos, o que os padrinhos pagam e como é aplicado (não individualmente mas no todo funcionamento do centro), a relação padrinhos/afilhados, das várias histórias de amor padrinhos/afilhados em que eu tenho tido o grato privilégio de participar e como elas interferem na vida da criança, se as crianças estão cientes da presença dos padrinhos nas suas vidas, o estado bruto em que temos estado a receber as crianças e como as estamos lapidando e os resultados que vamos verificando, etc.....
 
Foi tudo muito giro e, de certa forma emocionante, pois os mais pequenininhos (a maior parte dos quais os novos apadrinhados) vieram espontaneamente rodear-nos, segurar-nos as mãos e tudo o que pudessem e houve quem já não largasse mais a mão do Fernando.
 
Pronto, foi isto!
 
Bjs
F"

Testemunho da Madrinha Ana

«Aqui vai um pequeno relato da minha breve visita: adorei conhecer todo o projecto e sobretudo as pessoas que estão à frente dele, a dedicação e preocupação com que o fazem não é comum, conseguem autênticos milagres com recursos mínimos, e sobretudo preocupam-se realmente com aquelas crianças e dão-lhe carinho que é uma das coisas que mais me chocou em Moçambique é a falta de carinhos que todas as crianças têm por parte dos pais.

Mais uma vez queria agradecer pela forma calorosa como nos receberam e pelo cuidado que têm por todas essas crianças tão carenciadas de tudo.

Um grande beijinho a todas essas pessoas maravilhosas que trabalham em Marracuene e que tornam a vida destas crianças melhor e mais feliz.»

Madrinha Ana e Familia

Trans African Air09 em Moçambique

Dia 1.05.07  :  Trabalhámos. Fui buscar uma mala que a amiga Tia Paula Horta da TAP, nos mandou, com mateial escolar para a Creche assim como umas roupinhas e brinquedos. No Centro entregámos as encomendas, tiraram-se as fotos e todos os meninos escreveram ou desenharam para os Padrinhos.
Entregámos os uniformes.  Dos 35 meninos já apadrinhados (cujos padrinhos me informaste em Fevereiro) e que tiraram medidas para os uniformes, que já estão prontos, apenas apareceram 17, que irão começar amanhã.  Tivemos uma reunião com os encarregados para informar das normas do centro e da colaboração que deles esperamos. Tirei fotos de todos os meninos vestindo o seu uniforme, que depois te mandarei.
Trouxe comigo para Maputo o Arnaldo Palate, de 3 anos e sua mãe Salina, para conhecerem o Padrinho Pedro Venâncio. Houve um enorme atraso pois o padrinho e sua equipe tiveram problemas nâo só com o rádio de um dos aviões, como estiveram muito tempo retidos no aeroporto pois tiveram muitas dificuldades devido à grande quantidade de medicamentos que traziam.
Foi um encontro muito giro, a maior parte da equipe esteve connosco, foi uma festa tremenda, muitas fotos, muita alegria. Foi-nos entregue soro e material para primeiros socorros, foi-nos prometido muito apoio, em todos os aspectos, não só pelo Pedro mas também pelo médico Carlos Cyrne - que dissémos quais as nossas necessidades. Carlos ofereceu-nos lápis, esferográficas, borrachas - creio que o suficiente para os próximos 2 anos e que encheu uma caixa de 5 resmas de papel de impressão. A equipe desta expedição entregou-me 140 € para ajudar a mãe do Arnaldo, que é viúva e tem 5 filhos.
Eram 9 da noite quando arranquei para Marracuene, pois já não havia transportes, para levar o menino e sua mãe de volta.
Visita o blog da expedição e verás algumas das muitas fotos tiradas.

Mais sobre mim

foto do autor

Este projeto começou em Novembro de 2002, depois de ter estado dois meses a trabalhar como voluntária na Cidade da Beira, em Moçambique, junto de crianças extremamente carenciadas. A vontade de fazer algo mais e com uma maior continuidade, levou a que surgisse a ideia de montar um semi-internato no Alto da Manga, um bairro localizado no mato, acerca de quinze quilómetros da Cidade da Beira. Comecei por pedir a ajuda de um padre e de uma freira locais, que se responsabilizaram desde logo pela gestão do projeto no terreno, e iniciei então a seleção de dez crianças oriundas de famílias bastante desfavorecidas. O projeto começou com 10 crianças e 10 padrinhos. Atualmente são 600 e o esforço que tem sido feito tem levado a que muitos destes meninos tenham capacidade para entrar no mercado de trabalho. Catarina Serra Lopes padrinhosdeportugal@gmail.com
Com 40€ mensais pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matrícula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá fazer sem a sua dádiva.
De forma a potenciar a Associação e a encetar novos projetos, complementares ao apoio às crianças, os Padrinhos de Portugal aceitam contribuições esporádicas de empresas e particulares, sem ser necessário um apadrinhamento permanente. Para efeitos fiscais é passado um recibo ao abrigo da lei do mecenato
Contribua através: NIB - Número de Identificação Bancária 0010 0000 42292330001 85 IBAN - Numero Internacional de Conta Bancária PT50 0010 0000 4229 2330 0018 5 SWIFT/BIC BBPIPTPL

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D