* Padrinhos de Portugal *

Outubro 28 2016

Olá padrinhos,

 

Pode não parecer mas o Natal está quase aí ;-)
Este ano os coordenadores dos centros de Marracuene e Praia Nova pediram-me que avisasse os padrinhos que queiram dar presentes aos seus afilhados, se puderem, em vez de bens, enviar dinheiro de forma a que os presentes sejam lá comprados.
O que se passa é que todas as encomendas que são enviadas pelo correio pagam taxas de alfandega para serem levantadas. No total fica um valor significativo.
Assim, também há a vantagem de não se pagarem portes de envio e de conseguir comprar mais coisas por menor valor. 
Como tal, para que haja tempo para comprar os presentes, agradecia que todos os padrinhos interessados enviassem o valor que entenderem até dia 10 de Novembro para a conta habitual.
Quando o fizerem agradecia que me enviassem um email a avisar.
Muito obrigada,
 
Bjs
Catarina
publicado por padrinhosdeportugal às 12:55

Com 40 euros por mês pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá f
Podcast Padrinhos de Portugal
Godparents of Portugal

Este projecto começou em Novembro de 2002, depois de ter estado dois meses a trabalhar como voluntária na Cidade da Beira, em Moçambique, junto de crianças extremamente carenciadas. A vontade de fazer algo mais e com uma maior continuidade, levou a que surgisse a ideia de montar um semi-internato no Alto da Manga, um bairro localizado no mato, acerca de quinze quilómetros da Cidade da Beira.
Comecei por pedir a ajuda de um padre e de uma freira locais, que se responsabilizaram desde logo pela gestão do projecto no terreno, e iniciei então a selecção de dez crianças oriundas de familias bastante desfavorecidas.
O projecto começou com 10 crianças e 10 padrinhos. Actualmente são 600.
Catarina Serra Lopes
padrinhosdeportugal@gmail.com
Com 40 euros mensais pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá fazer sem a sua dádiva.

De forma a potenciar a Associação e a encetar novos projectos, complementares ao apoio às crianças, os Padrinhos de Portugal aceitam contribuições esporádicas de empresas e particulares, sem ser necessário um apadrinhamento permanente. Para efeitos fiscais é passado um recibo ao abrigo da lei do mecenato. Contribua através do NIB - Número de Identificação Bancária 0010 0000 42292330001 85 IBAN - Numero Internacional de Conta Bancária PT50 0010 0000 4229 2330 0018 5 SWIFT/BIC BBPIPTPL
pesquisar
 
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO