* Padrinhos de Portugal *

Outubro 28 2008

Como os meninos vão entrar de férias grandes no final de Novembro, a coordenadora do projecto de Marracuene, pede a todos os padrinhos que queiram enviar presentes de Natal que os façam no inicio de Novembro para que seja possivel fazer uma festinha logo no inicio do mês seguinte. Durante as férias grandes os meninos estão mais dispersos, alguns vão para casa de familiares e será mais complicado entregar-lhes os presentes.

publicado por padrinhosdeportugal às 23:06

Bom dia,
Eu sou madrinha da Fernanda na Praia Nova, também pansei em enviar-lhe uns presentes de Natal. Convém ser também no prencípio de Novembro? Não sei se também vão organizar alguma festa de Natal e queiram que sejam distribuidos nessa altura.
obrigado,

Suzana Nobre
Suzana Nabais Nobre a 29 de Outubro de 2008 às 10:47

Com 40 euros por mês pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá f
Podcast Padrinhos de Portugal
Godparents of Portugal

Este projecto começou em Novembro de 2002, depois de ter estado dois meses a trabalhar como voluntária na Cidade da Beira, em Moçambique, junto de crianças extremamente carenciadas. A vontade de fazer algo mais e com uma maior continuidade, levou a que surgisse a ideia de montar um semi-internato no Alto da Manga, um bairro localizado no mato, acerca de quinze quilómetros da Cidade da Beira.
Comecei por pedir a ajuda de um padre e de uma freira locais, que se responsabilizaram desde logo pela gestão do projecto no terreno, e iniciei então a selecção de dez crianças oriundas de familias bastante desfavorecidas.
O projecto começou com 10 crianças e 10 padrinhos. Actualmente são 600.
Catarina Serra Lopes
padrinhosdeportugal@gmail.com
Com 40 euros mensais pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá fazer sem a sua dádiva.

De forma a potenciar a Associação e a encetar novos projectos, complementares ao apoio às crianças, os Padrinhos de Portugal aceitam contribuições esporádicas de empresas e particulares, sem ser necessário um apadrinhamento permanente. Para efeitos fiscais é passado um recibo ao abrigo da lei do mecenato. Contribua através do NIB - Número de Identificação Bancária 0010 0000 42292330001 85 IBAN - Numero Internacional de Conta Bancária PT50 0010 0000 4229 2330 0018 5 SWIFT/BIC BBPIPTPL
pesquisar
 
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO