* Padrinhos de Portugal *

Janeiro 10 2009

A madrinha Susana Moraes que já nos tinha prendado com outros trabalhos gráficos concebeu pro bono a logomarca dos Padrinhos de Portugal, um trabalho inspirado pela sua participação neste projecto e também pelos elementos que a seguir enumera:

 

Logomarca:

Inspirada na bandeira de Portugal e de Moçambique, na Esfera Armilar e na estética e código de cores de África. 

A logomarca transmite ideias de segurança, estrutura, alegria e utiliza o vermelho como cor predominante demonstrando a paixão pelo Projecto.

Representa a mistura entre o clássico estrutural de um símbolo circular, com o lado tradicionalmente colorido de África e da bandeira Portuguesa.

A Assinatura mantém as palavras por extenso, evitando siglas como “PdP” que podem ter conotação política.

A fonte tipográfica é arredondada para evidenciar o lado suave e jovem das crianças apadrinhadas.

 

Símbolo:

Flor, Vida, Juventude, Alegria, Azulejos de Portugal

União Faz a Força, Um por Todos, Todos por um Grupo

Forma redonda: Dinâmismo, Revolução, Centro, Ciclo, Sol

É um símbolo clássico que relembra um brasão, desenhado de forma “tosca” que remete para a estética infantil, como se fosse desenhado por uma criança.

 

Cores:

Verde, Vermelho, Preto e Amarelo

Cores das bandeiras de Portugal e Moçambique.

Representam a internacionalidade do Projecto.

Código cromático Africano.

 

Zana Moraes Design

www.virb.com/zmdesign

publicado por padrinhosdeportugal às 21:59

Veja
http://barcorabelo.blogspot.com/2009/01/padrinhos-de-portugal.html
em
http://barcorabelo.blogspot.com/

O Barco Rabelo
BarcoRabeloPontoNet a 17 de Janeiro de 2009 às 20:31

Só agora tomei conta desta iniciativa mas gostei muito e estou a ponderar aderir. A minha ideia seria adoptar uma menina em nome da minha afilhada de 11 anos para ela ter a noção da realidade de outros meninos. Não sei se será muito intenso para a tenra idade da minha afilhada, mas pelo o que conheço dela, seria algo que lhe despertaria muito o interesse e uma boa ajuda com a escrita em Português, uma vez que vive num país anglo-saxónico.
*
Quanto a este post em questão, muitos parabéns pelo logo pois está muiot bem conseguido, é muito apelativo. Concordo que é uma reflexão da memória descritiva, se bem que à primeira vista pensei que fosse tipo uma mandala, mas também pela definição da mesma não lhe é retirada a intenção inicial "Mandala é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo." in Wikipédia.
*
Mas mais que tudo parabéns à Catarina Serra Lopes pela sua coragem de iniciar um projecto destes. Gostei muito da entrevista na Lux, foi o que me fez aqui vir. Parabéns também pelo prémio que distinguiu a sua linda personalidade. Votos de muita saúde e uma longa vida para continuar com este projecto.
Nídia Nobre a 12 de Abril de 2009 às 09:12

Com 40 euros por mês pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá f
Podcast Padrinhos de Portugal
Godparents of Portugal

Este projecto começou em Novembro de 2002, depois de ter estado dois meses a trabalhar como voluntária na Cidade da Beira, em Moçambique, junto de crianças extremamente carenciadas. A vontade de fazer algo mais e com uma maior continuidade, levou a que surgisse a ideia de montar um semi-internato no Alto da Manga, um bairro localizado no mato, acerca de quinze quilómetros da Cidade da Beira.
Comecei por pedir a ajuda de um padre e de uma freira locais, que se responsabilizaram desde logo pela gestão do projecto no terreno, e iniciei então a selecção de dez crianças oriundas de familias bastante desfavorecidas.
O projecto começou com 10 crianças e 10 padrinhos. Actualmente são 600.
Catarina Serra Lopes
padrinhosdeportugal@gmail.com
Com 40 euros mensais pode pagar as despesas de saúde, uma refeição diária, livros, cadernos, lápis, canetas, matricula, propinas e farda, a uma criança de Moçambique que dificilmente o poderá fazer sem a sua dádiva.

De forma a potenciar a Associação e a encetar novos projectos, complementares ao apoio às crianças, os Padrinhos de Portugal aceitam contribuições esporádicas de empresas e particulares, sem ser necessário um apadrinhamento permanente. Para efeitos fiscais é passado um recibo ao abrigo da lei do mecenato. Contribua através do NIB - Número de Identificação Bancária 0010 0000 42292330001 85 IBAN - Numero Internacional de Conta Bancária PT50 0010 0000 4229 2330 0018 5 SWIFT/BIC BBPIPTPL
pesquisar
 
Add to Technorati Favorites
blogs SAPO